TudoSobreTudo

sábado, 20 de junho de 2015

Gengibre: bom para cabelos, pele e emagrece


Foto: Wikimedia Commons
Quem nunca tomou chá com gengibre, limão e mel para aliviar um resfriado? 
Ou experimentou seu sabor ímpar no quentão, das festas juninas?
Mas esse "caule", usado há séculos por médicos Ayurveda - conhecimento desenvolvido na Índia há cerca de 7 mil anos - ajuda a emagrecer e a tratar diversos problemas do corpo humano. 

É um poderoso antibiótico, anti-inflamatório e anti-bacteriano natural, revela María Jesús Nieto, naturopata e especialista em medicina oriental.  

"É uma planta antiga que tem sido utilizada como um alimento medicinal em culturas asiáticas, durante milhares de anos para curar doenças, graças às suas muitas propriedades para a nossa saúde ", diz ele.  

Benefícios do gengibre
1. Diminui dores reumáticas e cólicas menstruais.  
2. É eficaz contra resfriados e gripes, para promover a expectoração.  
3. Melhora o fluxo sanguíneo, evitando assim a doença cardiovascular.  
4. Elimina tontura e vertigem.  
5. É um afrodisíaco natural, para estimular a libido.  
6. É um antidepressivo natural.  
7. Combate o envelhecimento precoce e reduz os níveis de estresse.  
8. Reduz enxaquecas através do bloqueio dos efeitos da prostaglandina.  
9. Previne o câncer de cólon e câncer de ovário.  
10. Ajuda a digestão.

Outros poderes
É usado para estimular o pâncreas, o sistema gastrointestinal, para tratar doenças respiratórias e reduzir a dor.  

"O gengibre é um antioxidante natural, devido à sua elevada percentagem de vitaminas, especialmente B6 e vitamina C, e também pelo elevado teor de minerais, cálcio, fósforo, magnésio, potássio e zinco, "explica.  

Além disso, é eficaz na redução da toxicidade de outras plantas.

É um antídoto para efeitos colaterais, de acordo Geisse Carolina, especialistas na utilização de produtos naturais. 

"Ajuda a saúde cardiovascular e circulação, prevenindo o endurecimento das artérias," completa Geisse. 

Cabelos
Ela ressalta que o gengibre é utilizado na estética estimulando os folículos capilares, fornecendo proteção e hidratação dos cabelos, acelerando o crescimento e evitando a queda.

"Porque é composto de vitaminas, zinco, fósforo é excelente para melhorar a cabelos secos, quebradiços e para se livrar da caspa ", explica a naturopata.

Para perder peso 
"O gengibre ajuda o nosso corpo a perder peso, pois estimula os sucos gástricos e, portanto, impede a fermentação de alimentos durante no trânsito digestivo ", explica María Jesús Nieto.  

Isto porque o gengibre é um queimador de gordura natural e contribui para satisfação depois de cada refeição. Além disso, quando tomado com suco de limão, ajudar a desintoxicar.  

"É considerado um tônico para o fígado. Mas também fornece propriedades termogênicass, o que significa que estimula o metabolismo a queimar calorias mais rapidamente. Se misturarmos irá alavancar o nosso metabolismo drenando o nosso corpo ", diz Nieto.  

Ele pode ser misturado com o óleo de coco para aumentar os seus efeitos, manter um nível adequado de colesterol, ajudar no controle e baixar o peso, de acordo com Geisse Carolina. 

O gengibre 
O aroma picante do gengibre e o sabor são especiais.
Seu nome botânico "Zingiber" em sânscrito significa “forma de chifre". 
Mas, na realidade é um caule que cresce no subsolo.  

Como usar
Pode ser ingerido em chás, smoothies, sucos, saladas, sobremesas, em pó, em pedaços, comprimidos ou xaropes. 

Existem também produtos com base em gengibre como óleos e essenciais, shampoos, condicionadores e cremes que são usados para reduzir manchas, espinhas e celulite.  

Chá de gengibre 
Ingredientes
100 gramas de gengibre
3 xícaras de água

Forma de preparo
Lave o gengibre para remover toda a sujeira (você pode descascar também)Pique o gengibre ou rale
Ponha na água fria e leve ao fogo
Desligue antes de borbulhar
Deixe repousar por 5 minutos
Coe e sirva

O chá pode ser tomado quente ou frio.
O ideal é consumir um copo antes de cada refeição.
No café da manhã, fica bom adicionando mel ou limão.
O chá pode ser mantido por até três dias na geladeira. 

"A única contra-indicação que gera o consumo é o aumento da temperatura do corpo, por isso não é recomendado pacientes com febre", alerta a naturopata.  Com informações do El País.

Nenhum comentário:

Postar um comentário