TudoSobreTudo

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

A Vida que Vale a Pena ser Vivida em Tempos Líquidos ● Leandro Karnal



Pessoas que nasceram entre 1945 e 1965 devem fazer o exame que detecta a hepatite C. Teste está disponível na rede pública

Nascidos entre 1945 e 1965 devem procurar uma unidade básica de saúde (postos ou Clínicas da Família) e fazer um teste de hepatite C. O alerta, dado no Brasil pela Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite (ABPH), foi lançado nos Estados Unidos após a constatação de que essas pessoas têm cinco vezes mais riscos de estarem contaminadas.
A explicação é que tal geração cresceu numa época em que eram comuns o uso de seringas de vidro e transfusões de sangue não testados para a hepatite C, só descoberta em 1989.
Segundo o hepatologista Giovanni Faria Silva, da Universidade Estadual Paulista, a testagem é necessária porque a doença não apresenta sintomas em 95% dos casos, sendo comum o diagnóstico já em estágio avançado.
- Depois de 20 anos, a infecção evolui para cirrose em 25% dos pacientes, tudo de forma assintomática. A cirrose provoca a falência do fígado e, se não tratada, leva à morte - diz o médico.
O teste de hepatite C é feito por meio de exame de sangue, que detecta a presença de anticorpos contra o vírus no organismo. Caso dê positivo, um outro exame, que analisa o material genético do vírus, é feito. Mais um positivo aponta a necessidade de biópsia do fígado para indicação de tratamento.
O publicitário e presidente da ABPH, Humberto Silva, de 48 anos, conta que viveu 38 anos com a hepatite C sem saber. Há dez anos, ele foi ao médico, que solicitou o exame de sangue específico.
- Eu já estava com cirrose hepática. Descobri assim, em cima da hora. Se não fosse isso, estaria morto. Deus mandou um anjo para me anunciar a doença - conta Humberto, que contraiu o vírus aos 8 anos, quando se submeteu a uma cirurgia de apendicite. - Recebi sangue contaminado.

O publicitário Humberto Silva, presidente da Associação Brasileira de Portadores de Hepatite
O publicitário Humberto Silva, presidente da Associação Brasileira de Portadores de Hepatite Foto: Divulgação

Humberto afirma que, hoje, está curado do vírus, mas não da cirrose:
- Sou um sobrevivente da hepatite C. Cerca de 80% dos casos têm cura completa.
Ele alerta para a importância de se fazer o teste de hepatite C:
- Quanto mais cedo vier o diagnóstico, mais fácil é a cura. A pessoa pode estar morrendo sem saber, como eu estava. Estima-se que 3 milhões de pessoas tenham hepatite C, mas só 12 mil sabem e estão sendo tratadas.


http://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/pessoas-que-nasceram-entre-1945-1965-devem-fazer-exame-que-detecta-hepatite-teste-esta-disponivel-na-rede-publica-8709139.html?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar

PF quebra sigilo bancário de Lula e revela operações milionárias com empreiteras


Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) enviou à Polícia Federal e aos integrantes da força-tarefa paranaense, dados estarrecedores sobre a movimentação financeira milionária da LILS, empresa de palestras do ex-presidente Lula.

De acordo com o documento, Lula faturou apenas através da LILS cerca de R$ 27 milhões, desde que ele deixou a presidência da República. Destes, boa parte do dinheiro veio de empreiteiras investigadas na Lava Jato, como Odebrecht (R$ 2,8 milhões), Andrade Gutierrez (R$ 1,5 milhão) e OAS (R$ 1,4 milhão).


Lula é milionário. É o ex-presidente mais rico em toda a história do País.




Essa é apenas uma pequena amostra da movimentação financeira do ex-presidente. Os dados são referentes apenas a conta bancária da LILS e apontam a a destinação de parte dos recursos. De acordo com o relatório, a LILS aplicou R$ 12,9 milhões, fez um plano de previdência privada no valor de R$ 5 milhões, recolheu R$ 3 milhões em impostos e fez transferências de R$ 4,3 milhões.


Após as revelações de sua conta milionária, Lula entrou em pânico e passou toda a noite em claro. Fez dezenas de ligações durante a madrugada e conseguiu marcar uma reunião de emergência com a presidente Dilma Rousseff na manhã deste sábado. Os dois se encontraram a sós, sem a presença de assessores ou testemunhas.

A assessoria de imprensa do Planalto assim como a do ex-presidente Lula não repassaram informações sobre o conteúdo da conversa reservada.


Informações: Folha AD
http://brasilnom.blogspot.com.br/2016/02/pf-quebra-sigilo-bancario-de-lula-e.html

SE VOCÊ QUER DIMINUIR OU PARAR DE COMER CARNE: 6 ALIMENTOS VEGETAIS RICOS EM PROTEÍNA



Agora você vai ver uma lista com seis ingredientes naturais que podem ser utilizados para substituir a carne.

Esta lista é para ajudar os que estão querendo comer menos carne ou mesmo deixar de comer esse alimento.

Ela também serve até para aqueles que não comem mais.

Comer carne ou não comer é uma escolha pessoal.

Mas é bom saber que o consumo de carne não está relacionado apenas com questões alimentares.

A pecuária é uma das maiores ameaças ambientais do planeta.

A criação de gado, só para você ter uma ideia, consome exageradamente água, contribuindo para a escassez deste importante recurso natural.

Quanto menos gados forem criados para fins comerciais, mais água teremos para usufruir.

Acha isso um exagero?

Pesquise mais para ver como a pecuária ameaça o meio ambiente e, por consequência, a todos nós.

Sabemos que ela movimenta muito dinheiro e, por isso, representa uma forte atividade econômica.

Mas, pelo bem do planeta Terra, já está na hora de se pensar em alternativas a essa atividade.


A carne é uma boa fonte de proteína.

Mas não é a única.

E existem boas fontes vegetais desse nutriente.

Veja seis delas:

1. Quinoa

A quinoa (ou quinua) é muito especial.

Ela é um dos poucos alimentos vegetais que contêm proteína completa.  

A proteína da quinoa é de excelente qualidade, sendo ótima até para quem malha visando o crescimento muscular. 

Uma porção de 100 gramas de quinoa contém 14 gramas de proteína. 

Além disso, a quinoa é um cereal com índice glicêmico baixo. 

Isso significa que a quinoa é boa para diabéticos e não causa picos de açúcar no sangue. 

2. Ervilha

Comer ervilhas (porção de 100 gramas) pode dar ao nosso corpo até 10 gramas de proteína de qualidade. 

Uma boa opção é fervê-las fazer um creme ou sopa bem proteico. 

3. Brócolis

Os brócolis têm a merecida fama de ser um alimento muito saudável, com forte atividade anticâncer.

Mas o que poucos sabem é que esta verdura é uma boa fonte de proteína, fornecendo até 4 gramas desse nutriente por porção de 100 gramas.

4. Lentilhas

Outra excelente fonte de proteína vegetal.

100 gramas de lentilhas fornecem quase 10 gramas de proteína.

5. Castanha de caju

A castanha de caju contém diversos aminoácidos.

Os aminoácidos são elementos que nos ajudam a compor os nossos músculos. 

E mais: em 100 g de castanha de caju, há 18,5 g de proteínas.

6. Sementes de girassol 

Elas fornecem uma boa dose de proteína.

São mais de 20 gramas em 100 gramas desta semente.

Em Londres, prefeito e vereadores ganham vale-transporte e não têm direito a carro oficial

Em Londres, ao invés de receber um carro oficial ao assumir o cargo, o prefeito e os vereadores da cidade ganham um vale-transporte. O tíquete é anual e vale para ônibus, trens e metrô.
Também é comum ver o prefeito da cidade, Boris Johnson, utilizar a bicicleta como meio de transporte nos dias de trabalho.
Divulgação
Prefeito de Londres costuma ir de bicicleta ao trabalho
Até o reembolso das despesas de táxi passa por fiscalização. As autoridades só podem usar essa modalidade de transporte ao provarem que não existe uma opção mais barata. As prestações de contas desse serviço podem ser acessadas pela internet.
Enquanto isso, no Brasil
Em São Paulo, os veículos usados pela Câmara Municipal são alugados e tem gasto anual de cerca de R$ 1,78 milhão. A casa tem 55 vereadores. Já a Prefeitura de São Paulo gasta R$ 3,1 milhões por mês.
Na Assembleia Legislativa, os gastos chegam a R$ 223 mil mensais com os carros oficiais. 92 deputados usam o benefício.
Já na Câmara dos Deputados, na Capital Federal, R$ 6.334 milhões serão usados para a condução de veículos oficiais e R$ 583.864 mil serão usados para manutenção dos automóveis. O gasto é anual e a Câmara tem 513 deputados.