TudoSobreTudo

sábado, 2 de janeiro de 2016

Como cumprir suas promessas de Ano Novo, segundo a ciência

Fogos: em vez de levar consigo mais uma lista de promessas nesta virada de ano, pense em levar perguntas
Fogos
São Paulo - Se 2015 está chegando ao fim e você se deu conta de que não cumpriu boa parte daquelas promessas que fez na última virada de ano, não se desanime. A ciência pode te dar um empurrãozinho para garantir que 2016 seja diferente.
Trata-se de uma técnica simples estudada por cientistas nos últimos 40 anos, e que foi batizada de “question-behavior effect” (efeito comportamental da pergunta, em tradução livre).
A ideia básica por trás do termo é a de que uma pessoa tem mais chances de executar certos compromissos se for questionada sobre aquilo do que se for intimada a fazê-lo.
Em outras palavras, perguntas como “você vai fazer mais exercícios?”, ou “você vai começar a reciclar?” podem ser mais motivadoras do que constatações como “você vai se exercitar mais” ou “você começará a reciclar seu lixo”.
Segundo estudo publicado no Journal of Consumer Psychology por pesquisadores de três universidades norte-americanas, as respostas diferentes aos dois tipos de estímulo estão relacionadas à nossa consciência.
Questionamentos fazem com que você não apenas se lembre de suas promessas, mas também reflita sobre elas e se sinta mais desconfortável caso as descumpra.
Mais do que dar um instrumento para que as pessoas alcancem seus objetivos, a pesquisa oferece amparo para políticas públicas na promoção de uma série de mudanças de comportamentos, como o consumo de álcool antes de dirigir, a poluição e a violência entre gêneros.
“Nós descobrimos que o efeito é maior quando as perguntas são usadas para encorajar comportamentos sociais”, explicou à imprensa Eric R. Spangenberg, reitor da Paul Merage School of Business, University of California e um dos autores do estudo.
Os pesquisadores sugerem que o método pode ser eficaz tanto para pais que querem educar os filhos, quanto para pessoas que querem mudar a própria conduta ou desenvolver novos hábitos.
Portanto, em vez de levar consigo mais uma lista de promessas nesta virada de ano, pense em levar perguntas. Esta pode ser a chave para um ano de mais conquistas.

7 coisas que pessoas de sucesso fazem antes de dormir

 Confira alguns rituais noturnos cumpridos rigorosamente por pessoas bem-sucedidas

Ler antes de dormir

Uma hora de leitura quase toda noite. “É parte do processo de cair no sono”, disse o bilionário Bill Gates ao Seattle Time. Informativos e bem escritos são seus títulos preferidos e as áreas que mais o interessam vão de saúde a meio ambiente e claro, política e negócios. O bilionário também gosta de recomendar livros cuja leitura considera indispensável.

Ficar longe de telas de computadores, tablets e outros gadgets

Outra ávida leitora noturna é Arianna Huffington. Mas, neste momento ela deixa de lado qualquer gadget e opta pelo tradicional: prefere ler o velho e bom livro de papel

Desligar o celular

Se Ariana Huffington foge de tablets, notebooks e outros gadgets, a COO do Facebook, Sheryl Sandberg, desliga é o celular para que nada atrapalhe sua noite de sono. Mas não sem antes checar seus emails, o que também faz logo que acorda, segundo ela contou ao USA Today.

Escrever as prioridades do próximo dia

Este é o ritual do presidente da American Express, Kenneth Chenault, segundo o Business Insider. Ele gosta de estabelecer e registar por escrito as três tarefas prioritárias do próximo dia. Assim, acorda mais focado em cumpri-las.

Organizar e aquietar a mente

A executiva Laurie Tucker - que trabalhou por décadas na FedEx onde chegou a vice-presidente de marketing corporativo e hoje é sócia-fundadora da Calade Partners LLC – dorme poucas horas por noite. A quietude das madrugadas é o momento perfeito para pensar e organizar a mente. Quando não está entretida com seus pensamentos, ela está lendo algum livro, segundo reportagem da Fast Company.

6. Fazer uma caminhada

Andar sob a brisa da noite é uma atividade sagrada para o co-fundador e presidente da Buffer, Joel Gascoigne. Durante a caminhada ele avalia como foi o seu dia e relembra seus principais desafios.
E assim gradualmente vai tirando assuntos da cabeça e se desvencilha do turbilhão que geralmente é seu dia de trabalho. Defensor da necessidade de rituais noturnos de desengajamento do trabalho e preparo para o descanso, ele deu esta dica em seu blog.

7. Terminar um projeto importante

À Fast Company, o ex-executivo do Google Keval Desai, sócio da InterWest Partners, diz aproveitar a noite para concretizar projetos. Sim, ele trabalha antes de dormir. Escolhe um projeto e não vai para cama sem a sensação de dever cumprido. 
http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/como-cumprir-suas-promessas-de-ano-novo-segundo-a-ciencia

STAND UP - FABIO PORCHAT STAND UP COMEDY COMPLETO NEW





Tudo o que pensamos saber sobre o vício é errado - Everything We Think We Know About Addiction Is Wrong