TudoSobreTudo

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Morre Leonard Nimoy, o Mr. Spock de "Star Trek"


Ator morreu por conta de uma obstrução pulmonar terminal

Atualizada em 27/02/2015 | 16h1327/02/2015 | 14h33
Morre Leonard Nimoy, o Mr. Spock de "Star Trek" Star Trek/Divulgação
Nimoy caracterizado como Mr. Spock em "Star Treck"Foto: Star Trek / Divulgação
Leonard Nimoy, ator norte-americano que viveu o mítico Mr. Spock em Star Trek, morreu nesta sexta-feira, aos 83 anos, por conta de uma obstrução pulmonar em fase terminal. Ele faleceu em sua casa no bairro de Bel Air, em Los Angeles. 

Sua mulher, Susan Bay Nimoy, confirmou sua morte ao The New York Times.
Nimoy anunciou a doença ao público em 2014 e a atribuiu a anos de tabagismo, vício que havia abandonado já há mais de 30 anos. Ele foi hospitalizado no início da semana.
O fato de ter sido fumante por anos sempre debilitou sua saúde e Nimoy sempre enfrentou problemas respiratórios. Em um entrevista ao talk show de seu colega e amigo pessoal, William Shatner (o capitão Kirk), Nimoy também surpreendeu os fãs ao revelar seu alcoolismo, um problema que surgiu basicamente na época em que gravava Star Trek, e com o qual lutou durante anos até que, finalmente, conseguiu se recuperar.

Leonard Nimoy teve a carreira marcada por seu papel como o lógico alienígena meio-humano, meio-vulcano Mr. Spock, de Jornada nas Estrelas/Star Trek, mas também atuou como diretor, roteirista, compositor, poeta e fotógrafo.
Nascido em Boston, em 1931, filho de pais judeus originários da Ucrânia, Nimoy começou a atuar ainda quando criança. Sua carreira profissional, iniciada na década de 1950, foi marcada por muitos filmes B e participação em vários seriados famosos do período, como BonanzaDragnetAlém da ImaginaçãoOs intocáveisQuinta dimensãoPerry Mason, GunsmokeO Agente da U.N.C.L.E.Agente 86.
Sua grande oportunidade veio em 1966, quando foi escolhido pelo criador deStar Trek, Gene Roddenberry, para viver o emblemático Mr. Spock — a princípio, um personagem coadjuvante, um alienígena de tom diabólico e misterioso.
Ator sensível, Nimoy logo percebeu que o personagem — que muitos colegas consideravam um risco para qualquer carreira séria — era uma dádiva. Dedicou-se a compor um personagem complexo e cheio de nuances psicológicas, que pouco tinha a ver com os arquétipos da ficção científica.
De simples coadjuvante, o Spock de Nimoy virou um dos protagonistas da série e ganhou uma legião de fãs. Pelo personagem, Nimoy recebeu três indicações ao Emmy, o Oscar da TV americana.
Jim Parsons, o Sheldon Cooper de The Big Bang Theory, e Nimoy. Tanto Nimoy quanto Spock são ídolos e inspiração para o personagem nerd do seriado americano (Foto: Divulgação/CBS)
*Zero Hora e AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário