TudoSobreTudo

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Mulheres de fichas-sujas em MT e em RR entram na disputa

Eleições 2014

Janete Riva e Suely Campos foram anunciadas nesta sexta-feira como candidatas no lugar dos maridos, José Riva (PSD) e Neudo Campos (PP), respectivamente

José Riva (PSD) é um dos candidatos ficha-suja que será substituído pela mulher na corrida eleitoral
José Riva (PSD) é um dos candidatos ficha-suja que será substituído pela mulher na corrida eleitoral (Divulgação/VEJA)
Considerados fichas-sujas pela Justiça Eleitoral e com passagens pela prisão, os candidatos aos governos do Mato Grosso, José Riva (PSD), e de Roraima, Neudo Campos (PP), desistiram de concorrer aos cargos e foram substituídos pelas respectivas mulheres. Janete Riva e Suely Campos foram anunciadas nesta sexta-feira como candidatas no lugar dos maridos.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fixou prazo até a próxima segunda-feira como data-limite para que os candidatos sejam substituídos em suas chapas. Esse prazo tem por objetivo impedir a troca de candidatos em cima da hora, sem a possibilidade até de mudança da foto e do nome do candidato na urna eletrônica. Isso ocorreu, por exemplo, no Distrito Federal em 2010, quando a foto que apareceu foi a do ex-governador Joaquim Roriz, barrado com ficha-suja, mas a candidata de chapa foi a mulher dele, Weslian Roriz.
Ex-presidente da Assembleia Estadual no Mato Grosso, José Riva responde a cerca de 100 processos judiciais e possui condenações no Tribunal de Justiça do Estado. Na noite de quinta-feira, o TSE rejeitou recurso da defesa de Riva, que pretendia manter o registro da candidatura.
Na pesquisa Ibope, o deputado estadual aparecia com 13% das intenções de voto no Estado, atrás de Lúdio Cabral (PT), com 16%, e Pedro Taques (PDT), com 43%.
Roraima – Embora não tenha sido formalmente substituído na Justiça Eleitoral, Neudo Campos indicou a mulher Suely como sua sucessora. Ex-governador do Estado, ele teve suas contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Conta da União em um processo que se encerrou em setembro do ano passado.
Numa das primeiras ações da Polícia Federal no início do governo Lula, Campos e mais 40 pessoas foram presas por envolvimento em um esquema de fraude na folha de pagamento do Estado, conhecida como Máfia dos Gafanhotos.
Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira aponta Campos como líder na corrida eleitoral. Ele tem 40% das intenções de voto. O segundo colocado é o atual governador, Chico Rodrigues (PSB), com 27%. Ângela Portela (PT) tem 17%. 
(Com Estadão Conteúdo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário