TudoSobreTudo

domingo, 11 de dezembro de 2016

3 Dicas Práticas Para Eliminar as Dívidas

**Artigo escrito por Cleiton Oliveira, do site “Resenha Virtual”**
Nós do Resenha Virtual e do Clube de Valor, temos o compromisso de disseminar a Educação Financeira.
Por isso, estamos compartilhando conteúdo entre nossos blogs.
Neste artigo, escrito por Cleiton Oliveira, do “Resenha Virtual”, vamos listar 3 dicas práticas para eliminar as dívidas.
Dicas, estas, que você poderá colocar em prática hoje mesmo.
Uma das dicas mais importante para reduzir ou eliminar as dívidas e que é um consenso entre os profissionais de finanças é: mapear o seu orçamento mensal.
Você pode estar condicionado a acreditar que sabe exatamente onde está gastando o seu dinheiro.
Porém, você terá uma enorme surpresa quando monitorar o seu orçamento, mesmo que seja durante um único mês.
Por meio do monitoramento de seu orçamento, você saberá exatamente para onde está indo cada centavo de seu suado dinheiro e, com isso, poderá verificar e diminuir consideravelmente as despesa supérfluas.
Para efetuar esse mapeamento, você pode utilizar um caderno, uma agenda, uma planilha financeira ou algum aplicativo para celular.
Hoje temos diversas opções.
Portanto, não há desculpas para iniciar essa tarefa.
Vamos detalhar as 3 dicas práticas para eliminar as dívidas abaixo.

DICA #1 – MAPEAR O ORÇAMENTO

Um dos maiores benefícios de monitorar o orçamento doméstico é fazer com que suas despesas sejam realizadas de acordo com seus objetivos, sem que elas ultrapassem a sua renda.
Com isso, você estará naturalmente gastando menos do que ganha.
É imprescindível que você anote todas as despesas, desde os gastos de altos valores como aluguel, financiamento de imóvel ou carro, até os gastos que passam despercebidos em diversos orçamentos como um café, uma bala ou uma gorjeta.
Alias, esses pequenos gastos causam um rombo sem precedentes.
Muitas pessoas não monitoram seu orçamento, por acreditar que sabem quais são suas despesas e seus respectivos valores.
Contudo, quando são confrontadas a anotar e a visualizar suas despesas por um certo período de tempo, ficam pasma com a quantidade de gastos que faz jorrar dinheiro de sua já combalida renda.
Você pode baixar gratuitamente a nossa Planilha de Orçamento Mensal.

DICA #2 – LISTAR SUAS DÍVIDAS

Se você está inadimplente, não tem como fugir das dívidas, pois sempre terá alguém ligando para sua casa para lembrá-lo.
A melhor solução para os endividados é eliminar as dívidas o mais rápido possível.
O primeiro passo é listar todas as suas dívidas existentes, sejam elas empréstimos do banco, cartão de crédito e cheque especial ou alguma conta em atraso.
Você pode utilizar um bloco de papel ou utilizar uma Planilha no computador.
Com todas as dívidas anotadas e com a lista em mãos, coloque-as em ordem de prioridade.
Você sabe qual a ordem para o pagamento de dívidas?
Vamos apresentar como deve ser feita a classificação!
Primeiro deve-se priorizar as dívidas essenciais como água, luz, condomínio ou gás.
Após o pagamento dessas dívidas, deve-se priorizar as que possuem bens como garantia, como o financiamento imobiliário e financiamento.
Logo após, as dívidas que possuem as maiores taxas de juros como o cartão de crédito e o cheque especial e, por último as dívidas que possuem as menores taxas e que não possuem bens como garantia.

DICA #3 – RENEGOCIAR AS DÍVIDAS

Após efetuar o levantamento das dívidas, é fundamental preparar uma proposta de pagamento que seja realista e adequada a seu orçamento.
Por isso, a importância de listar as dívidas de acordo com a prioridade apresentada.
Por meio do mapeamento de seu orçamento, você saberá o quanto de sua renda pode ser direcionada no pagamento das dívidas.
Ao preparar a proposta, leve em consideração a lista efetuada e o limite de seu orçamento.
Assim como você tem interesse em pagar suas dívidas, o credor tem interesse em receber.
Por isso, seja sincero em relação ao seu orçamento.
Não adianta fechar um acordo e descobrir depois que não terá capacidade de pagamento.
Hoje temos a opções de renegociar as dívidas online ou conversar pessoalmente com o credor.
Você pode verificar as duas opções e optar pela que seja melhor para o seu bolso.
Por mais que você deseja eliminar as dívidas, é muito importante não se intimidar durante a conversa e aceitar qualquer proposta.
É expressamente proibido oferecer serviços para renegociar as dívidas, por isso, não aceite qualquer imposição na hora da renegociação.

CONCLUSÃO

Por meio de uma simples atitude que é realizada pelo mapeamento do orçamento doméstico, você terá o total controle de suas despesas e, consequentemente, ficará longe do endividamento.
Você sempre visualizará todos os gastos realizados dentro do mês, já que eles estarão anotados em uma planilha ou em um caderno.
Logo, você poderá eliminar os desperdícios de seu orçamento fazendo com que sobre mais dinheiro para eliminar as dívidas.
Esse controle também permitirá uma melhor distribuição de renda em seu orçamento, você poderá priorizar o que é mais importante e gastar com itens que agregue valor a sua vida.
Você estará efetuando o uso consciente e inteligente do dinheiro.
O mapeamento facilita no controle de gastos garantindo uma significativa redução de desperdícios, essa quantia de dinheiro economizada será a sua passagem para a liberdade financeira e te colocará no caminho da realização de seus maiores sonhos.
Publicamos um Infográfico Como Eliminar as Dívidas  que complementará essas 3 dicas práticas que apresentamos nesse artigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário