TudoSobreTudo

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Cachês de cantores causa revolta de médico do HGE: ‘Daria para pagar plantonista por 20 anos’

O médico utilizou uma comparação com cachês no Carnaval para acusar o governo da Bahia de descaso com a saúde pública estadual.
post-feature-image

Em seu perfil no Facebook, Djalma Dutra conta que havia acabado de sair de um plantão em que faltavam médicos para atender a todos os pacientes.


No texto, o homem relata que seriam necessários cinco funcionários para atender a demanda, mas dos três que haviam há seis meses, só dois continuavam porque faltavam recursos. “Pois é gente... DINHEIRO, porque médico não falta, se o Governador ou o Secretário de Saúde tiver alguma dificuldade de encontrar plantonistas, peço que me liguem que eu gastarei uns 15 minutos para encontrar uns 10 colegas dispostos a trabalhar. Mas para pagar a Ivete e Bell o governador tem dinheiro”, afirmou.

Apesar da informação ainda não ser confirmada pelo governo do Estado, fontes garantem que Ivete Sangalo e Bell Marques devem receber R$ 840 mil apenas para tocar no primeiro dia de carnaval, em trios sem cordas – cada um deve receber, respectivamente, R$ 500 mil e R$ 340 mil. “Essa quantia relatada aí na reportagem daria para pagar um plantonista por cerca de DUZENTOS E QUARENTA MESES, isso mesmo, 20 anos”, compara Dutra. 


No texto, o médico alega ainda que, além de servidores, faltam computadores para permitir a impressão dos prontuários e um especialista que possa realizar os exames de Ecocardiograma. Segundo Djalma, apesar de o equipamento estar funcionando, ele só funciona dois dias na semana por falta de alguém que opere a máquina. “Com o dinheiro que eles vão dar para esses dois cantores poderíamos colocar o aparelho de Ecocardiograma para funcionar TODOS OS DIAS, durante 34 meses, isso mesmo, dois anos e dez meses. Mas eles vão dar R$ 840.000,00 para uma comemoração de Carnaval, apenas cerca de 6 horas para cada cantor”, critica o Dutra.



Fonte: Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário