TudoSobreTudo

domingo, 8 de novembro de 2015

Janot quer nova distribuição de recursos de ficha suja

Dificultando para José Riva
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao presidente  do STF, Ricardo Lewandowski, um ofício pedindo a livre distribuição dos futuros pedidos de liberdade a serem feitos pela defesa do ex-deputado estadual de Mato Grosso José Riva — que, por responder a mais de 100 processos  na Justiça, é conhecido como o maior ficha suja do país e está preso pela terceira vez neste ano.
A preocupação de Janot é que, pelo fato de o ministro Gilmar Mendes já ter julgado outros pedidos de soltura, e determinado a liberdade de Riva em julho passado, os demais habeas corpus impetrados lhe sejam encaminhados sem sorteio através da chamada prevenção.
No ofício, o procurador-geral, alega que, como os crimes e operações que levaram Riva à cadeia no início do ano e, mais recentemente, no mês passado, são distintos, não haveria prevenção para Mendes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário