TudoSobreTudo

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Alexandre Baldy: "Lula tem de comparecer à CPI do BNDES"

Sub-relator da CPI do BNDES diz acreditar que Lula age em favor de empresas que têm obras financiadas pelo banco público de fomento


THIAGO BRONZATTO, COM ANA CLARA COSTA E ALANA RIZZO
17/10/2015 - 10h42 - Atualizado 17/10/2015 11h17

O sub-relator da CPI do BNDESdeputado Alexandre Baldy (PSDB-GO), tem cercado o ex-presidente Lula. Autor de requerimentos que pedem a convocação do líder petista, Baldy acredita que Lula age em favor das empresas no exterior que têm obras financiadas pelo BNDES. “Considero fundamental para a sobrevivência da CPI que o ex-presidente Lula compareça à comissão”, afirma.
INSISTENTE O deputado Alexandre Baldy.  Ele quer levar Lula à CPI (Foto: Alexssandro Loyola)
ÉPOCA – Por que o senhor acha que Lula deve ir à CPI do BNDES?
Alexandre Baldy –
 Eu acredito que uma das diretrizes mais importantes da CPI é a investigação de tráfico de influência em torno do BNDES. É importante entendermos quais foram as empresas privilegiadas e por que se tornaram preferidas pelo banco. Isso me leva a crer que o ex-presidente foi o responsável pela escolha de quem seriam os mais beneficiados pelos empréstimos do BNDES. Por essa razão, eu considero fundamental que Lula compareça à comissão. Quero que ele esclareça por que o banco financiou obras em tantos países que têm atos e deliberações extremamente protegidos.
ÉPOCA – O senhor acha que há uma blindagem do ex-presidente Lula nas CPIs do BNDES e da Petrobras?
Baldy –
 Coloquei em votação um requerimento de convocação do ex-
presidente Lula, mas não foi pautado. Depois, coloquei um requerimento na sessão de extrapauta, pedindo novamente a convocação do ex-presidente Lula. Mas fui derrotado no plenário. Consegui 11 votos favoráveis e 16 contrários. Entendo que os deputados contrários estejam blindando Lula para que ele não sofra um desgaste público. Mas ele precisa dar uma satisfação para a população brasileira.
ÉPOCA – As empresas que contrataram o ex-presidente Lula para dar palestras no exterior também devem ser investigadas pela CPI?
Baldy –
 Queremos entender por que essas empresas foram escolhidas e se houve tráfico de influência. As empresas obviamente serão investigadas. Para que elas fossem escolhidas, certamente houve um dedo que foi colocado para que os recursos chegassem às mãos delas. O ex-presidente viajou para vários países onde as empreiteiras têm obras financiadas pelo BNDES. Isso é um fato curioso e merece ser investigado também.
ÉPOCA – E de quem é essa influência, em sua opinião?
Baldy –
 Do ex-presidente Lula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário