TudoSobreTudo

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Moro diz que risco para País é corrupção, e não acusação contra esquema

Jornal exaltou que o juiz tem recebido "recepções entusiasmadas" em eventos públicos

A reportagem cita que a investigação ajuda a retrair o investimento em uma economia em recessão
Sebastião Moreira/31.08.2015/EFE
O jornal britânico Financial Times publica reportagem nesta quarta-feira (2) em que destaca o trabalho do juiz federal Sérgio Moro e o trabalho de investigação do esquema de corrupção na Petrobrás.
Com o título "Juiz insiste que risco para o Brasil é a corrupção e não a acusação", a reportagem dá espaço à avaliação de Moro de que o estrago econômico da corrupção é maior que as dificuldades geradas pela descoberta do esquema ilegal.
O jornal acompanhou as agendas de Moro nos últimos dias e exaltou que o juiz tem recebido "recepções entusiasmadas" em eventos públicos. Moro tem pedido à audiência que continue apoiando as investigações com o argumento de que enfrentar a corrupção "trará ganhos significativos para todos" e que o custo da corrupção é "extraordinário". "O policial que descobre um crime não é o responsável pelo cadáver", disse em um evento na capital paulista, acompanhado pelo FT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário