TudoSobreTudo

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Funcionários do Senado usam rede social para oferecer pastel de pizza aos brasileiros

Veja.Com

PEDRO COSTA
PASTEL CONGRESSO
Foto: Reprodução Instagram Senado Federal
Rir dos próprios defeitos tanto pode ser uma forma de autocrítica quanto uma manifestação de cinismo. É provável que os responsáveis pelas mídias sociais do Senado tenham sido vítimas da difusa fronteira que separa as duas opções. Aparentemente dispostos a ironizar a certeza de que a impunidade impera na Casa do Espanto, acabaram debochando de milhões de brasileiros que pagam a conta.
Nesta segunda-feira, servidores concursados (que recebem por cabeça salários mensais de R$ 18.440,64) resolveram publicar na conta doInstagram (rede social de compartilhamento de imagens) da instituição a foto de um cardápio em que uma mão destacava o item “Pastel Congresso”. O recheio da iguaria é especialmente intragável para brasileiros honestos: “delicioso pastel de pizza: mussarela, tomate e orégano”.
O mau gosto contaminou o texto da introdução da peça supostamente humorística. Segue-se a íntegra, sem correções: “Brasília, sede de poderes da república, é uma cidade única. Aqui a cultura e o folclore políticos estão entranhados em cada aspecto do cotidiano, como podemos ver neste cardápio de uma tradicional pastelaria. Rsrsrs. Foto: Fernando Ribeiro – Agência Senado. #pastelaria”.
A justificativa improvisada diante da tempestade de críticas dos seguidores do Instagram foi tão bisonha quando a piada que não funcionou. Os humoristas acidentais alegam que não pretendiam tratar como anedota a mania parlamentar de inocentar culpados. Queriam apenas aproximar-se da população a bordo do que consideram humor típico da internet. Ficaram mais distantes de quem paga também as despesas do Congresso. Aconselhados pela sensatez, retiraram nesta quarta-feira a postagem que só os autores acharam engraçada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário