TudoSobreTudo

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Medina conquista primeiro mundial de surfe para o Brasil

Surfe

No Havaí, ele ficou à frente de estrelas como Kelly Slater e Mick Fanning

O surfista Gabriel Medina, 20, conquista o título mundial de surfe, durante o Billabong Pipe Masters, última etapa do Circuito Mundial na praia de Pipeline, em Honolulu, no Havaí - 19/12/2014
O surfista Gabriel Medina, 20, conquista o título mundial de surfe, durante o Billabong Pipe Masters, última etapa do Circuito Mundial na praia de Pipeline, em Honolulu, no Havaí - 19/12/2014 - Thiago Bernardes/Frame/Folhapress

Pela primeira vez na história um brasileiro se consagrou campeão mundial de surfe. Gabriel Medina, aos 20 anos, conseguiu o feito inédito para o país nesta sexta-feira, na praia de Pipeline, no Havaí, e se tornou o melhor da modalidade no ano de 2014.
Após cinco dias de espera, Medina foi ao mar, avançou até as quartas de final e esperou pelo desempenho de seu principal rival, o australiano Mick Fanning, nas areias de Pipeline, sede da última etapa do WCT. Fanning não superou a quinta fase (repescagem) e deixou o paulista de Maresias com o título.
"Não tenho o que falar. Eu não estou acreditando. Eu amo essa torcida que está aqui. Quero celebrar com as pessoas. Eu estava sonhando com isso e virou realidade. Eu não sei o que dizer", disse após a conquista o brasileiro, que começou a chorar ainda dentro d'água e desistiu por alguns momentos da bateria, indo festejar com os fãs presentes na areia.
O australiano Mick Fanning foi derrotado por outro brasileiro na repescagem, Alejo Muniz, que venceu por 6,53 a 2,84. A eliminação deixou o título com o Medina antes do fim da definição da etapa de Pipeline. O surfista encarou grandes rivais no Havaí: o americano Kelly Slater e Fanning conquistaram oito campeonatos nos últimos nove mundiais organizados pela ASP (Associação de Surfistas Profissionais).

Nenhum comentário:

Postar um comentário