TudoSobreTudo

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Anvisa encontra pelo de roedor em extrato de tomate da Knorr Elefante

Alimentação

Lote do produto reprovado em testes foi interditado pela agência por 90 dias

Extrato de tomate da Knorr Elefant: Anvisa reprovou produto em teste e interditou lote
Extrato de tomate da Knorr Elefant: Anvisa reprovou produto em teste e interditou lote (Reprodução/VEJA)
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou hoje a interdição cautelar, por 90 dias, de um lote do extrato de tomate da Knorr Elefante, fabricado pela empresa Cargill Agrícola. A decisão foi tomada após testes encontrarem pelo de roedor em uma das embalagens.
Segundo a Anvisa, o lote interditado, o L6, com validade até 21 de maio de 2015, obteve resultados insatisfatórios “de rotulagem e de matéria estranha macroscópica e microscópica”. A agência informou que técnicos encontraram “fragmentos de pelo de roedor acima do limite de tolerância estabelecida”, que é de um fragmento por 100 gramas.
A decisão da Anvisa foi publicada na edição desta sexta-feira do Diário Oficial da União. A empresa Cargill Agrícola ainda não se posicionou.
(Com Agência Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário