TudoSobreTudo

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Rombo da Previdência deve ficar R$ 15 bilhões além da meta do governo

Contas públicas

Segundo matéria do jornal 'O Estado de S. Paulo', déficit em 2014 ficará em R$ 55 bi

Rombo na Previdência Social será maior mesmo com entrada de verbas do Refis
Rombo na Previdência Social será maior mesmo com entrada de verbas do Refis (Bia Parreiras/VEJA)
O déficit nas contas da Previdência Social em 2014 será de R$ 55 bilhões, R$ 15 bilhões a mais que as estimativas oficiais do governo federal, segundo matéria publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Estado de S.Paulo.
De acordo com o jornal, esse rombo adicional será um dos fatores que devem impedir o cumprimento da meta fiscal de 2014, equivalente a 1,9% do Produto Interno Bruto (PIB). Na programação de receitas e despesas do Orçamento, a previsão é de R$ 40,1 bilhões de déficit na Previdência.
Em 2013, o rombo foi de R$ 51,2 bilhões e este ano deve ser ainda maior. “O cenário está mais para uma notícia ruim do que para uma notícia boa”, disse uma fonte do Ministério da Fazenda ao Estado.
Para os analistas ouvidos pelo jornal, nem mesmo a entrada de recursos extraordinários do programa de parcelamento de débitos tributários (Refis) deve ajudar a alterar esse quadro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário