TudoSobreTudo

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

O homem-bomba vai falar

Veja.Com

Depoimento na CPI de compadres
Paulo Roberto, nos tempos em que ainda sorria
Diante das informações que recebeu de que o homem-bomba Paulo Roberto Costa aderiu à delação premiada, seu advogado, Nélio Machado, está deixando a causa. Diz Nélio Machado:
- Não trabalho com o instituto da delação premiada.
Pelas informações recebidas por Machado, Costa, incentivado pela mulher, Marici, que há tempos vinha se desentendendo com o advogado justamente por causa da delação premiada, topou abrir a boca. E a partir de agora tem como advogada a criminalista paulista Beatriz Catta Pretta.
Paulo Roberto está neste momento na Polícia Federal de Curitiba.
Sai de baixo. Recentemente, Paulo Roberto, ameaçou, em conversa com um interlocutor:
- Se eu falar, não vai ter eleição. 
Até ontem, apesar da insistência da mulher, Paulo Roberto se negava a fazer a delação. A nova etapa da Operação Lava Jato, realizada hoje no Rio de Janeiro, o fez mudar de ideia.
Por Lauro Jardim
http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/brasil/vida-dura-na-prisao-faz-paulo-roberto-costa-pensar-em-dizer-tudo-o-que-sabe-se-eu-falar-nao-vai-ter-eleicao/

Nenhum comentário:

Postar um comentário